A Voz de um Bardo….

Os Bardos foram parte da casta erudita dos povos celtas. Responsáveis pela guarda da cultura, das tradições e das lendas do povo, eles mantiveram sua prática viva muito após a cristianização dos celtas e o final dos druidas.  Poetas, músicos, historiadores e mitólogos, a eles era conferido grande autoridade, pois os nobres dependiam deles para sua boa reputação e aclamação, fonte do poder primordial na sociedade céltica. Eram também respeitados por seu conhecimento do passado, e seus poemas e sátiras eram vistos, muitas vezes, como possuindo poder mágico e espiritual.

Kunvelin, por outro lado, é a versão em galês do nome britônico Cunobelinos, que significa “Cão de Belenos”; o cão era um dos animais com características totêmicas mais importantes entre os celtas, para não dizer O mais importante, reconhecido pela sua guarda, amizade e lealdade. Deuses tinham a distinção do cão em seus nomes (‘Cunomaglus’), grandes reis o tinham como símbolo (‘Cunobelinos’, ‘Cunoglassus’…) e ele era o animal totêmico de onde o maior dos heróis célticos derivou seu título, Cuchúlainn. Belenos era uma deidade galo-britânica, um deus solar amplamente cultuado na Gália e na Grã-Bretanha.

O Cão de Belenos foi o nome de um rei céltico, pai de um dos grandes líderes na resistência contra a dominação romana, Caractacus (em galês, Caradog). Mas também é o nome adotado por um bardo em treinamento nas ensolaradas terras brasileiras para trabalhar pela cultura, pela história, pelas tradições e pela espiritualidade célticas em um lugar tão distante de onde elas se originaram.

Devoto de velhos caminhos, de velhas estradas das velhas eras. Filho da Terra que me nutre, servo do Céu que inspira, e louvante dos ancestrais no Mar que me aguarda. Bardo das terras brasileiras, reconstrucionista e estudioso dos caminhos sagrados dos antigos Britânicos e outros celtas. Membro, instrutor e coordenador do Ramo de Carvalho, grupo de estudos sobre a espiritualidade celta em São Paulo, e Bardo para os Ramos de Carvalho e Prata, grupos pagãos do Brasil. Um dos pioneiros da abordagem Reconstrucionista Celta no Brasil, e um dos tradutores do CR FAQ para o português.  Sejam bem-vindos.

 

É hora do cão uivar…

 …Wallace Kunvelin

Anúncios
3 Comentários

3 opiniões sobre “A Voz de um Bardo….

  1. Agradeço pela oportunidade de estar aprendendo com vc!
    Abraços Karina

  2. Leomorn

    Como faço para aprender?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.